sábado, 24 de março de 2012

O MISTÉRIO DA TRANSFIGURAÇÃO

Os mortos podem se comunicar com os vivos? Moisés morreu! Pra qual céu Elias foi levado? No novo testamento temos a resposta de que espírito procedia Elias, o texto diz: E seis dias depois Jesus tomou consigo a Pedro, a Tiago, e a João, e os levou sós, em particular, a um alto monte; e transfigurou-se diante deles; e as suas vestes tornaram-se resplandecentes, extremamente brancas como a neve, tais como nenhum lavadeiro sobre a terra os poderia branquear. E apareceu-lhes Elias, com Moisés, e falavam com Jesus; Mc 9:2-7. E Pedro, tomando a palavra, disse a Jesus: mestre, é bom que estejamos aqui; e façamos três cabanas, uma para ti, outra para Moisés, e outra para Elias. Pois não sabia o que dizia, porque estavam assombrados. E desceu uma nuvem que os cobriu com a sua sombra, e saiu da nuvem uma voz que dizia: Este é o meu filho amado; a ele ouvi.

A primeira coisa a ser analisada é: Os mortos podem se comunicar com os vivos? Em  DT 32:48-52 /34:5 prova que Moisés morreu e Elias? E sucedeu que, indo eles andando e falando, eis que um carro de fogo, com cavalos de fogo, os separou um do outro; e Elias subiu ao céu num redemoinho; II Rs 2:11. Ora, ninguém subiu ao céu, senão o que desceu do céu, o filho do homem, que está no céu; Jo 3:13. Aquele que tem, ele só, a imortalidade, e habita na luz inacessível; a quem nenhum dos homens viu nem pode ver; I Tm 6:16. Bom, se ninguém subiu ao céu ao não ser Jesus cristo, que desceu do céu, Deus que habita na luz inacessível a quem nenhum homem viu e nem pode ver, Elias então subiu em qual céu? Pra que céu Elias foi? Pedro não sabia o que dizia, pois estava assombrado, espantado, transtornado, sabemos que uma pessoa assim não fala coisa com coisa, e foi o caso de Pedro. Uma voz do céu disse: Este é meu filho amado, o único gerado, unigênito, único filho de Deus na carne, a ele ouvi. É simples entender, são 3 fundamentos:

Moisés que representa a lei de Jeová, Elias que representa os profetas e Jesus único mediador, a voz do Pai disse: Este é meu filho amado a ele ouvi, ou seja, não devemos mais seguir a lei e os profetas, somente devemos seguir a Cristo. Veja só o que acontece quando Jesus se prepara para ir a Jerusalém: E aconteceu que, completando-se os dias para a sua assunção, manifestou o firme propósito de ir a Jerusalém. E mandou mensageiros adiante de si; e, indo eles, entraram numa aldeia de samaritanos, para lhe prepararem pousada, mas não o receberam, porque o seu aspecto era como de quem ia a Jerusalém. e os seus discípulos, Tiago e João, vendo isto, disseram: senhor, queres que digamos que desça fogo do céu e os consuma, como Elias também fez? Lucas 9:51-56. voltando-se, porém, Jesus repreendeu-os, e disse: Vós não sabeis de que espírito sois? Jesus estava dizendo que o espírito que faz cair fogo do céu não é o seu, nem de seu Pai.

Porque o filho do homem não veio para destruir (matar) as almas dos homens, mas para salvá-las. E foram para outra aldeia. os discípulos ainda não tinham recebido o espírito santo (entendimento), porque os samaritanos não quiseram dar pousada para eles, tiveram a brilhante ideia de orar para cair fogo do céu, e matar aquelas almas queimadas. onde eles aprenderam isso, aonde? Aprenderam com Elias, pois Elias fez isso com os profetas de Ball, Elias fez prova para mostrar quem era deus, Jeová se manifestou com fogo, ao invés de Elias ter pregado o arrependimento para se convertessem, não, matou a todos a espada. o ministério de Elias era ministério de morte. 

Jesus declarou que o espírito de cair fogo do céu não era o seu, de qual espírito então ele estava falando e repreendendo? Jesus fala em mistérios, esta falando sim de Jeová. Não devemos seguir Moisés que representa a lei de Jeová. Não devemos seguir Elias que representa os profetas que Jeová constituiu. A voz do Pai disse: Esse é meu Filho amado a ele ouvi, somente devemos seguir a Cristo e desprezar o resto.


Resumo
Uma fabula judaica de um homem subindo ao céu numa carruagem de fogo e de outro aparecendo como um fantasma falante. Um conto desse foi parar direto no novo testamento. Acontece que nem os 4 evangelhos existe concordância. João mata a pau dizendo que ninguém subiu ao céu, logo exclui Elias. Mas Lucas e Paulo tinha um visão diferente e eles faziam questão de deixar registrado que o Pai de Jesus não era Jeová.