segunda-feira, 19 de novembro de 2012

A IRA DO DEUS JEOVÁ


Pelo dicionário ira significa: Movimento da alma humana que tem como característica o seguinte: Cólera; raiva, indignação; fúria e violência. A alma do homem é sujeita a esses movimentos.

Na teoria de Paulo já nascemos debaixo da ira de deus;Ef 2:3. Uma pessoa iracunda é aquela que fica irada por qualquer coisa que a contrarie. Salomão disse: Porque o espremer do leite produz manteiga, e o espremer do nariz produz sangue, e o espremer da ira produz contenda; Pv 30:33. Uma pessoa que se ira produz confusões e Salomão continua: Cruel é o furor, e impetuosa a ira; Pv 27:4. 

Ninguém irado vai usar de misericórdia ou compaixão, o sujeito possesso de irá perder a cabeça e age como louco irracional. Disse mais Salomão: O entendimento do homem retém a sua ira, e sua glória é passar sobre a transgressão; Pv 19:11. Os homens escarnecedores abrasam a cidade, mas os sábios desviam a ira; Pv 29:8.

O irado é um sujeito descontrolado. O mau e a ira trabalham juntos; Ecl 11:10. E pra fechar com chave de ouro, Salomão disse: Não te apresses no teu espírito a irar-te, porque a ira abriga-se no seio dos tolos; Ecl 7:9. Mas seria possível que um Deus de amor fosse susceptível de ataques de ira e furor assassinos? Segundo os autores da bíblia sim; Sl 7:11.


  1. A ira de Jeová se acendeu contra Moisés simplesmente porque Moisés disse que não era eloquente; Ex 4:10 / 14.
  2. Nadabe e Abiú, tomaram os incensários, e colocaram fogo e incenso, coisa que Jeová não havia mandado fazer, então desceu fogo da ira de Jeováe os matou; Lv 10:1-2. 
  3. Miriã e Arão se voltaram contra Moisés em uma ocasião. A ira de Jeová acendeu-se, e Miriã ficou leprosa pela praga de Jeová; Nm 12:1-10. Moisés clamou a Jeová, que se arrependeu da sua ira. 
  4. Coré, Datã e Abirão se arvoraram em líderes, para desbancar Moisés. Jeová, irado, abriu a terra, e eles com suas famílias foram engolidos vivos; Nm 16:32-34. 
  5. E tem mais... fogo desceu dos céus, e consumiu os 250 dos maiorais da congregação, que seguiram a Coré, Datã e Abirão; Nm 16:1-2 e 35. 
  6. O povo reclamou da matança e Jeová, irado mandou uma praga que matou mais 14.600; Nm 16:49. Jeová odeia ser contrariado.
  7. Jeová ardia de ira contra Judá, por causa das provocações de Manasses, um de seus desafetos; e Jeová disse que ia destruir e rejeitar o reino e a cidade de Jerusalém para sempre; II Rs 23:26-27. 
  8. A ira de Jeová nunca se apaga; Na 1:2. 
  9. Jeová, irado diante da desobediência de Israel, tocou o terror, achando que por suas desgraças iria torná-los obedientes. Jeová declarou: Pelo que, como a língua de fogo consome a estopa, e a palha se desfaz pela chama, assim será a sua raiz, como podridão, e a sua flor se esvaecerá como pó; porquanto rejeitaram a lei de YHWH dos exércitos. Pelo que se ascendeu a ira de Jeová contra o seu povo, e estendeu a sua mão contra ele, e o feriu; e os seus cadáveres eram monturo no meio das ruas; Is 5: 24-25.
  10. Como a ira de Jeová nunca cessa, Isaías profetizou: Portanto Jeová suscitará contra ele os adversários de Rezin, e instigará os seus inimigos. Pela frente virão os Siros, e por detrás, os filisteus, e devorarão a Israel com a boca escancarada; e nem contudo isto, se apartou a sua ira, mas ainda está entendida a sua mão; Is 9:11-12. 
  11. Mas o terror continua: Pelo que Jeová não se regozijará com os seus jovens, e não se compadecerá dos seus órfãos e das suas viúvas, e nem com tudo isto se apartou a sua ira, mas ainda está estendida a sua mão; Is 9:17. 
  12. Por causa da ira de Yahweh dos exércitos a terra se escurecerá, e será o povo como pasto do fogo; e ninguém poupará seu irmão; Is 9:19.

A ira de Jeová gera um furor assassino, Yahweh disse: Porque daqui a bem pouco se cumprirá a minha indignação, e a minha ira para os consumir; Is 10:25. E aconteceu que, queixando-se o povo, isso era mal aos ouvidos de Yahweh; porque Yahweh ouviu-o, e a sua ira se ascendeu, e o fogo de Jeová ardeu entre eles, consumiu os que estavam na última parte do arraial; Nm 11:1.

Jeová disse a Moisés: Agora pois deixa- me, que o meu furor se acenda contra eles, e os consuma; e eu farei de ti uma grande nação; Ex 32:10. Jeová que se declarou deus e foi repreendido por um homem, que disse: Torna-te da ira do teu furor, e arrepende-te deste mal contra o teu povo; Ex 32:12. Em outras palavras Moisés falou pra Jeová sossegar o facho. Será que o Pai de Jesus pede opinião aos homens se deve ou não se irar? Mas Jeová obedeceu a Moisés então arrependeu-se.

Foram 40 anos de pastagem no deserto. Doze espiões foram sondar a terra, mas o povo murmurou. Então Jeová disse: Com pestilência os ferirei, e os rejeitarei; Nm 14:11-12. Moisés voltou a repreender Jeová, que acabou cedendo, mas como a ira de Yahweh é louca, matou de peste toda aquela geração, e nem Moisés entrou na terra, Jeová na sua ira não poupa nem as crianças e se fingi de surdo; Jr 13:14 / Ez 8:18

Davi implorou a Jeová dizendo: Yahweh, não me repreendes na tua ira, nem me castigues no teu furor; Sl 38:1. Davi conhecia a ira de Jeová, que é sem compaixão e sem piedade. Mesmo depois de Jeová derramar a sua ira com matanças e pestes, Jeová guarda a ira e não se esquece de seus desafetos, pois Jeová é vingativo; Na 1:2. Alguém pode dizer: Mas a ira de Deus é diferente da ira dos homens. Uma coisa é se irar, outra é ter um furor que jamais se apaga, II Rs 22:17.

Jeová disse que criaria novos céus e nova terra, e que toda a carne viria adorar perante sua face, e os “escolhidos” veriam os cadáveres dos que pecaram sendo devorados por bichos eternamente, isto é, sua ira não se apagou, pois iria manter os corpos podres numa lembrança eterna; Is 66:22-24. 

Mas de quem são estes corpos mortos? São os israelitas que murmuraram no deserto por estarem com fome e sede, e tem gente que acha esse pecado gravíssimo, reclamar de fome não é um pecado grave. Jeová jurou vingança eterna, proibindo-os de entrar em Canaã, isso inclui seu melhor amigo Moisés, que foi contado com os malditos; Sl 95:8-10. Quando Jeová se ira, sai de baixo, leiamos alguns exemplos:

1.  Na sua ira condenou à morte a humanidade pelo erro de um; Rm 5:12
2.  Na sua ira destruiu homens e crianças no dilúvio; Gn 6:7
3.  Na sua ira destruiu seus próprios filhos; II Rs 17:20-21
4.  Na sua ira e sem motivo matou 70.000 inocentes; II Sm 24:1
5.  Na sua ira se vinga dos pais, matando os filhos; Is 14:21

Davi levou a arca do concerto, da casa de Abinadabe para Jerusalém. O carro que a levava, pendeu de um lado, e para que a arca não caísse, Uzá segurou com a mão a arca, no seu zelo. Jeová se irou de graça e matou Uzá, pois é um deus insensato; Pv 27:3. Quanto mais tolo é alguém, mais se ira, como Jeová se ira todos os dias, todos os dias faz papel de tolo; Ecl 7:9.

Jeová colocou um espírito maligno em Saul, que só sentia alívio quando Davi tocava a sua harpa, e o espírito de Jeová produziu furor e ira em Saul, que por duas vezes tentou matar Davi; I Sm 16. Jeová se ira como um monstro, Veja: E quando se ira sai-lhe fumo pelas narinas, da sua boca sai um fogo devorador; e sai soltando carvões que se incendeiam, e debaixo dos pés há trevas e escuridão; II Sm 22:8-10. Jeová mesmo declara que a sua ira se acende até o mais profundo do inferno; Dt 32:22.

Jeová condena sacrifícios humanos na lei (fachada), mas na sua ira se iguala aos demônios. Jeová deu a seguinte ordem: Toma todos os cabeças do povo, e enforca-os a Jeová diante do sol, e o ardor da ira de Jeová se retirará de Israel; Lv 18:21 / Nm 25:4. Jeová na sua ira se igualou a Moloque. Jeová também se irou muito com o pecado de Balaão; Nm 22:22. 

Jeová se irou contra Israel sem motivo, o reino estava em paz; I Cr 17:1-2. A paz reinava, mas houve uma fome de 3 anos. Davi perguntou a Jeová qual o motivo da fome. Jeová lhe respondeu que estava irado com Saul, morto a mais de 30 anos. Incrível! Jeová mandou fome e sede porque Saul matou os Gibeonitas; II Sm 21:1-14. Jeová não é um deus de paz. 

Sem motivo de novo a ira de Jeová se tornou a acender contra Israel, e incitou a Davi contra eles, dizendo: Vai, numera a Israel e a Judá. No hebraico esta assim: Satanás se levantou contra Israel, e incitou Davi a numerar a Israel; II Sm 24:1 / I Cr 21:1. Foi Jeová ou foi Satanás? Nem Davi nem o povo de Israel tinham dado motivo para que Jeová se irasse. Sabe o que Jeová queria com essa fúria estúpida? Matar pela peste 70 mil homens; I Cr 21:11-14. Portanto, a ira de Yahweh não passa, porque ela atravessa os umbrais da morte, e disse: Porquanto jurou Yahweh, haverá guerra de Yahweh contra Amaleque de geração em geraçãoEx 17:16.

Quinhentos anos mais tarde, ele fala: Vai, pois, agora, e fere a Amaleque, e destrói totalmente a tudo quanto tiver, e não lhe perdoes; porém matarás desde o homem até a mulher, desde as crianças de peito, desde os bois até as ovelhas, e desde os camelos até aos jumentos; I Sm 15:3. Jeová ficou 500 anos roendo ódio por Amaleque. Se Jeová se ira todos os dias, é propenso à violência; Sl 7:11. Suas reações são sempre acompanhadas de ira incontida e fúria. Jesus revelou ao mundo um Deus de amor, e o amor não se ira jamais, no amor do Pai não tem lugar pra ira, pois o amor tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta; I Co 13:7. 

A ira de Jeová no Novo Testamento
Os autores do novo testamento também inventaram um deus iracundo; Rm 1:18 / Rm 2:5 / Rm 9:22 / Rm 12:19 / Ef 6:5  /Col 3:6 / Hb 13:11 / Hb 13:4 / Ap 6:16 / Ap 14:10 e 19. Alguém pode dizer que Deus é amor, mas é justiça! O que tem haver ser justo e bom, com ter um temperamento igual ou pior ao dos homens?

Resumo
O deus mitológico que os judeus inventaram é um deus iracundo, onde sua raiva em relação aos homens nunca acaba, deve ser um sujeito bem mau humorado. E o deus inventado por Paulo e outros autores bíblicos também da chiliques.